Sábado, 17 de Abril de 2021 02:39
83999630409
Política CASSAÇÃO

Ministério Público Eleitoral pode pedir cassação de Luciene de Fofinho por irregularidades período eleitoral

Doação de cestas básicas, facilitação de consultas médicas para aliados e aumento injustificado da folha de pessoal no período eleitoral, são as acusações.

24/02/2021 11h20
Por: Redação RepercutePB Fonte: Redação
Ministério Público Eleitoral pode pedir cassação de Luciene de Fofinho por irregularidades período eleitoral

Tramitam no Ministério Público Eleitoral de Bayeux três ações de investigação que pedem a cassação da prefeita Luciene Melo, e podem levá-la a perder o mandato. Doação de cestas básicas, facilitação de consultas médicas para aliados e aumento injustificado da folha de pessoal no período eleitoral, são as acusações.

De acordo com promotor de Justiça, Demetrius Castor, a gestora teria usado abertamente da máquina pública para desequilibrar o pleito. “O Ministério Público Eleitoral de Bayeux, na minha pessoa, impetrou três ações de investigação judicial eleitoral contra a prefeita por captação ilícita de sufrágio ao ver de Ministério Público. Uma referente a doação de cestas básicas, outra a consultas médicas no período de campanha eleitoral, que, coincidência ou não, foi só no período de campanha e agora parou, não sei por qual motivo e a outra foi o aumento injustificado da folha de pagamento no tocante aos codificados”, disse.

O promotor lembrou que a prefeita estava à época, eleita de forma indireta pela Câmara dos Vereadores e “estava com a máquina administrativa na mão”. “Foi uma coisa gritante, ao ver do Ministério Público, captação ilícita gritante e impetrei uma ação. Está para que a justiça apure e diga se houve ou não a irregularidade na eleição de novembro passado”, contou.

De acordo com o promotor, as provas são robustas ao ver do Ministério Público, principalmente em relação ao aumento da folha. “Contra fatos não há argumentos, basta acessar o Sagres e ver o aumento injustificado na folha. Em dezembro foram demitidos mais de 500 comissionados, dando a entender que foi para angariar votos e conseguir a vitória no pleito, como aconteceu”, afirmou.

Castor afirmou que as investigações ainda estão no primeiro grau e está sendo apurado. “Já houve duas audiência referentes às cestas básicas e às consultas, e a outra da folha está correndo o prazo para apresentar documentação. Se houver recurso vai para o Tribunal Regional Eleitoral (TRE)”, completou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cabedelo - PB
Atualizado às 02h31 - Fonte: Climatempo
25°
Muitas nuvens

Mín. 24° Máx. 30°

25° Sensação
8.3 km/h Vento
83.7% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (18/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 30°

Sol e Chuva
Segunda (19/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 28°

Sol com muitas nuvens e chuva
Ele1 - Criar site de notícias