Segunda, 18 de Janeiro de 2021 14:23
83999630409
Especiais FIM

O SONHO ACABOU... FUI ELEITO!

O despreparo de candidatos entre o sonho e a realidade da eleição!

30/11/2020 17h54 Atualizada há 2 meses
Por: Cícero Carlos Maia Fonte: RepercutePB
O SONHO ACABOU... FUI ELEITO!

Para todos aqueles que se candidataram a um cargo político de vereador ou de prefeito municipal e conseguiram se eleger pelo voto democrático, no pleito passado, o sonho de chegar a esses cargos realmente terminou. Agora a realidade é infinitamente diferente do  que o sonho! 

Mais de duzentos milhões de brasileiros estão democraticamente, à espera, de suas ações políticas como sendo o “canal de comunicação” entre a população e o ”poder público”! São os eleitos  que terão voz e vez, poder e autoridade, dentro da sociedade que os escolheu como representantes políticos, para solucionar as graves demandas pelas quais a sociedade clama aflitivamente! 

Agora, terão que se posicionar objetivamente a muitos outros segmentos da sociedade para poder acionar os mecanismos disponíveis para trazer a paz, equilíbrio e harmonia social a todos aqueles  que precisarão de   motivação enérgica para encontrar caminhos efetivos para promover o bem-estar de todos aqueles que os elegeram! 

Dentre as muitas limitações estipuladas pela Constituição Federal está a faixa etária dos candidatos a fim de que possam assumir os cargos para os quais foram eleitos!  A idade mínima para que alguém assuma um cargo de prefeito municipal é de vinte e um anos e vereador a de dezoito anos!

Porém essas faixas etárias são absolutamente insuficientes para que alguém assuma uma posição dessas dado que as mesmas exigem mais do que apenas a idade, exige maturidade social para enfrentar os difíceis momentos pelos quais os municípios passam!

Um eleito, com vinte e um  anos, chegando a uma prefeitura municipal tem condições de negociar as limitações financeiras do município com o  Ministério da Economia onde está o Cadastro Informativo dos Débitos não Quitados com a União – CADIN  ou com o Cadastro Único de Exigências para Transferências Voluntárias para Estados e Municípios – CAUC?

Partindo da premissa que todos os Municípios tem problemas financeiros a tratar com a União e que devem ser renegociados visando, especialmente, as consequências dessa pandemia que nos propõem implicações inimagináveis daqui para a frente!

Imaginemos jovens vereadores da  Região Norte, especialmente do Estado do Amapá que tem mais de setenta por cento de sua área geográfica interditada por questões ambientais, tendo que negociar com o titânico Greenpeace. Que argumentos saberão usar, nessas delicadas situações? 

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cícero Carlos Maia
Sobre Cícero Carlos Maia
Cabedelo - PB
Atualizado às 14h11 - Fonte: Climatempo
29°
Muitas nuvens

Mín. 23° Máx. 30°

31° Sensação
22.7 km/h Vento
55.4% Umidade do ar
90% (8mm) Chance de chuva
Amanhã (19/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 30°

Sol e Chuva
Quarta (20/01)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 30°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias