Terça, 24 de Maio de 2022
29°

Pancada de chuva

Cabedelo - PB

Brasil REDE SOCIAL

Homem que xingou servidor de “bicha” em grupo de WhatsApp é condenado

O réu fez comentários homofóbicos

13/05/2022 às 19h32
Por: Redação RepercutePB
Compartilhe:
Homem que xingou servidor de “bicha” em grupo de WhatsApp é condenado

O Juizado Especial Cível e Criminal do Núcleo Bandeirante, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), condenou um homem que xingou um servidor público federal de “bicha”, “chiliquenta”, “menina nervosa”, entre outras ofensas.

O réu fez os comentários homofóbicos em um grupo de WhatsApp. Segundo a sentença publicada nesta sexta-feira (13), os dois discutiam política no aplicativo de mensagem.

À Justiça o acusado afirmou que “não retrucou voluntariamente, mas apenas se limitou a responder às manifestações, sempre no mesmo tom”. Porém, o Juizado Especial entendeu que as mensagens citadas pelo autor do processo são verdadeiras e ofensivas.

O réu foi condenado a pagar R$ 3 mil em indenização por danos morais. O valor deve ser corrigido a partir da data de 7 de outubro de 2020, quando os xingamentos foram feitos. O homem ainda deve se abster de falar do ofendido, sob pena de multa de R$ 100 por cada eventual citação.

Já curtiu? Siga o PORTAL REPERCUTEPB no FacebookTwitter e no Instagram

Acompanhe o nosso Grupo NOTÍCIAS DO REPERCUTEPB no  TELEGRAM  ou WHATSAPP

(Veja as regras no grupo)

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias