Quarta, 19 de Janeiro de 2022
30°

Poucas nuvens

Cabedelo - PB

Saúde SAÚDE

MPT recomenda vacinação de catadores de lixão em Patos

O MPT, concedeu um prazo de cinco dias para que a gestão municipal providencie a imunização de todos os catadores e catadoras do lixão de Patos.

27/11/2021 às 08h17
Por: Redação RepercutePB
Compartilhe:
 MPT recomenda vacinação de catadores de lixão em Patos

O Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) recomendou que a Prefeitura Municipal de Patos vacine os trabalhadores que atuam no lixão da cidade. O procurador do Trabalho Marcos Almeida realizou uma audiência sobre o assunto na última terça-feira (23), no Posto Avançado do MPT, e concedeu um prazo de cinco dias para que a gestão municipal providencie a imunização de todos os catadores e catadoras do lixão de Patos.

“O Ministério Público do Trabalho recebeu uma informação que a Prefeitura já desenvolve um trabalho de fornecimento de equipamentos de proteção, álcool em gel e outras medidas para resguardar a saúde e segurança desses trabalhadores. Mas o MPT entende que há uma outra medida urgente que precisa ser tomada, que é a questão da imunização, da vacinação desses trabalhadores que se encontram no lixão, sobretudo pelo acentuado risco de exposição a agentes biológicos que esses trabalhadores enfrentam”, afirmou o procurador do Trabalho Marcos Almeida.

“Não há como, de fato, combater e enfrentar o risco de disseminação da Covid-19 se não houver a imunização de toda a população. Por isso que a Prefeitura de Patos precisa, periodicamente, verificar essa questão da vacinação para que o direito fundamental à saúde e à própria vida desses trabalhadores possa ser efetivamente resguardado”, acrescentou Marcos Almeida.

Já curtiu? Siga o PORTAL REPERCUTEPB no FacebookTwitter e no Instagram

Acompanhe o nosso Grupo NOTÍCIAS DO REPERCUTEPB no  TELEGRAM  ou WHATSAPP

(Veja as regras no grupo)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias