Quarta, 19 de Janeiro de 2022
32°

Poucas nuvens

Cabedelo - PB

Policial DROGA

“Senhorita Andreza” é presa fazendo Black Friday da droga pelo status do Whats

Andreza foi conduzida para a 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

20/11/2021 às 10h14
Por: Redação RepercutePB Fonte: RepercutePB/ Ulisses Pompeu
Compartilhe:
“Senhorita Andreza” é presa fazendo Black Friday da droga pelo status do Whats

Ela tem apenas 23 anos, um sorriso de adolescente e gosta de postar fotos no status do WhatsApp. Mas não tem nada de inocente. Segunda a Polícia, era exatamente por esse meio que Andreza Ferreira de Oliveira, a Andreza Perfect, atuava para comercializar droga.

Era por meio de seu status que Andreza Perfect avisava aos clientes quando recebia os bagulhos. Mas seu comércio foi interrompido às 11 horas da manhã desta sexta-feira, dia 19/11 data da badalada Black Friday no comércio.

A operação que a levou para a prisão foi conduzida por policiais civis plantonistas, juntamente com policiais civis vinculados à Superintendência de Polícia Civil do Sudeste, cumprindo mandado judicial de busca e apreensão domiciliar na residência da “Senhorita Andreza” marabaense. “Ela tinha costume de publicar no status do WhatsApp drogas à venda”, disse a PC.

Após vasculhar sua casa, na Avenida Silvino Santis, Bairro Santa Rosa, no núcleo Marabá Pioneira, os policiais encontraram 50 petecas de maconha embaladas e prontas para comercialização.

Por isso, Andreza foi conduzida para a 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil.

Em sua conta no Instagram, Andreza Perfect se diz cuidadora de idosos, mas por enquanto a atividade está suspensa, já que ela se tornou cliente do sistema carcerário.

 

Já curtiu? Siga o PORTAL REPERCUTEPB no FacebookTwitter e no Instagram

Acompanhe o nosso Grupo NOTÍCIAS DO REPERCUTEPB no  TELEGRAM  ou WHATSAPP

(Veja as regras no grupo)

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias