Quinta, 28 de Outubro de 2021
21°

Pancada de chuva

Soledade - PB

Cidades DEBATE

Jardim Botânico da UEPB é tema da Tribuna Livre na Câmara de Campina Grande/PB

O presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Vereador Marinaldo Cardoso, anunciou o uso da Tribuna Livre pelo senhor Arnaldo Bezerra de Menezes, diretor do Jardim Botânico, para apresentar as atividades promovidas pelo Jardim Botânico da Universidade Estadual da Paraíba.

14/10/2021 às 11h01
Por: Redação RepercutePB Fonte: RepercutePB/Assessoria
Compartilhe:
Jardim Botânico da UEPB é tema da Tribuna Livre na Câmara de Campina Grande/PB

O presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Vereador Marinaldo Cardoso, anunciou o uso da Tribuna Livre pelo senhor Arnaldo Bezerra de Menezes, diretor do Jardim Botânico, para apresentar as atividades promovidas pelo Jardim Botânico da Universidade Estadual da Paraíba.

Arnaldo Bezerra – Saudou a todos e fez uma retrospectiva sobre o surgimento do Jardim Botânico da Universidade Estadual da Paraíba, o qual, inicialmente, era um projeto de extensão, mas, depois, passou a ser um programa institucional. A partir daí iniciou-se o trabalho de promoção de conhecimento e de arborização da cidade de Campina Grande. Disse também que a prefeitura conseguiu um terreno e transferiu o horto para o novo local, além de ter devolvido a área de piscicultura, permitindo a criação de um projeto maior, o Jardim Botânico, com regimento legal.

Arnaldo Informou que o Jardim Botânico está localizado às margens do açude de Bodocongó, em áreas protegidas, com coleções de plantas vivas, cientificamente reconhecidas, organizadas, identificadas e documentadas, com a finalidade de fomentar o conhecimento e a conservação da biodiversidade do patrimônio genético, associado ao conhecimento tradicional em consonância com às políticas municipais, estaduais e nacionais do meio ambiente. Como também, desenvolver as ações de ensino, pesquisa, extensão e desenvolvimento institucional, destinadas a preservação, conservação, restauração e educação ambiental, relativas aos remanescentes da flora do bioma caatinga e demais biomas brasileiros. Atendendo assim sua função social, em suas diversas dimensões, quais sejam: científicas, educacional, estatística, histórica, antropológica, sociológica e ambiental.

Por fim, citou que o Jardim Botânico é filiado a Aliança de Jardins Botânicos Brasileiros, a Rede Latino Americana de Jardim Botânico e a Rede Brasileira de Jardim Botânico. Além disso, informou que foi filiado ao Jardim Botânico Conservation International de Londres, que representa os jardins botânicos do mundo inteiro, e que estará recebendo recursos para trabalhar com espécies da caatinga, sendo a espécie escolhida (inicialmente): Cumaru.

O professor Elymarques Nunes – Disse que o Jardim Botânico é grandioso e convidou a todos para conhecer pessoalmente a proposta. Relembrou que na pandemia não houve a efervescência no Parque do Povo e, com isso, deixou um vazio na cidade. Pontuou que o Jardim Botânico poderá ser uma nova atração para a cidade, como os eventos festejados no Parque do Povo, para a população e para os turistas.

Também falou sobre a ausência de áreas verdes na cidade, sendo o jardim uma opção ecológica e ambiental para Campina Grande. Refletindo em uma visão mundial de preservação da natureza. Por fim, acrescentou que existem ações sendo realizadas em mais 14 municípios, além de Campina Grande, e que os gestores municipais estão preocupados com a questão ambiental e com a ausência de áreas verdes em seus  municípios.

Já curtiu? Siga o PORTAL REPERCUTEPB no FacebookTwitter e no Instagram

Acompanhe o nosso Grupo NOTÍCIAS DO REPERCUTEPB no  TELEGRAM  ou WHATSAPP

(Veja as regras no grupo)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias