Sexta, 24 de Setembro de 2021
22°

Pancada de chuva

Cabedelo - PB

Entretenimento CASO DJ IVIS

Cantor Latino repassa lucros de música com DJ Ivis para Pamella Holanda

Pamella denunciou as agressões de DJ Ivis na noite do dia 11 de julho

26/07/2021 às 17h45
Por: Redação RepercutePB Fonte: RepercutePB/Quem
Compartilhe:
Cantor Latino repassa lucros de música com DJ Ivis para Pamella Holanda

Após confirmar o cancelamento do clipe que contava com a participação de DJ Ivis, preso por agredir a ex-mulher, Pamella Holanda, e afirmar que iria refazer a música sem a participação do artista, o cantor Latino revelou que irá doar parte do lucro a Pamella Holanda, ex-mulher do DJ Ivis. O DJ foi preso por agredir a digital influencer depois que ela divulgou vídeos que mostram a violência doméstica que sofria. Latindo afirmou que irá refazer a música que teria a participação do DJ, e que todo o dinheiro será dividido em partes iguais. Os sócios da música são Latino, Dennis DJ, Rogerinho e agora Pamella.

"Iremos repassar para a Pamella Holanda a parte dos direitos artísticos que antes estava destinada ao DJ Ivis. É uma forma de aliviar sua dor e prover ajuda principalmente à criança nesse momento. Decidimos repassar o percentual para ela tornando a Pamela sócia dessa produção que será lançada dia 6 de agosto", contou Latino a Quem.

Entenda o caso

Pamella denunciou as agressões de DJ Ivis na noite do dia 11 de julho. Ela postou fotos vídeos de uma câmera de segurança de dentro do apartamento sendo agredida por ele em Fortaleza. A digital influencer, que conheceu Ivis pelo Instagram em 2018, descobriu em fevereiro de 2020 que esperava o primeiro filho com ele. Os dois passaram, então, a morar juntos e as agressões começaram ainda durante a gestação.

"A primeira vez que ele me agrediu foi quando eu estava grávida de cinco meses, ele me pegou pelo pescoço, veio me arrastando pelo corredor que tinha no apartamento até o sofá. Ele me jogou no sofá. Na cabeça dele, era como se eu fosse um problema, um fardo. Não podia chegar para ele e falar, 'estou sentindo isso'. Estava em uma situação de não ter suporte dentro de casa. Ele vivia na linha tênue de explodir. A qualquer momento ele explodia", relembrou.

Já curtiu? Siga o PORTAL REPERCUTEPB no FacebookTwitter e no Instagram

Acompanhe o nosso Grupo de NOTÍCIAS DO REPERCUTEPB (Veja as regras no grupo)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias