Sexta, 07 de Maio de 2021 23:19
83999630409
Brasil CASO HENRY

Revelação: Advogado jogou sujo com farsa, para defender Jairinho no ‘caso Henry’, conta a mãe; Veja detalhes

No conteúdo da carta, é afirmado que o advogado André Barreto, organizou uma versão inventada para a morte de Henry.

03/05/2021 08h22
Por: Redação RepercutePB Fonte: RepercutePB/G1
Revelação: Advogado jogou sujo com farsa, para defender Jairinho no ‘caso Henry’, conta a mãe; Veja detalhes

Neste domingo (02), foi revelado uma carta escrita pela mãe do menino Henry, Monique Medeiros, escrita pela mesma de dentro da cadeia. Tal carta, faz acusações ao advogado do vereador Jairinho, seu então companheiro.

No conteúdo da carta, é afirmado que o advogado André Barreto, organizou uma versão inventada para a morte de Henry.

“O Dr. André se apresentou, disse que era casado, que tinha 4 filhos, que estudou para ser padre, que era religioso e que não pegava casos de homicídios se não acreditasse na inocência dos seus clientes e nos separou. Fez uma entrevista particular comigo (…). E depois, fez a mesma coisa com Jairinho separado”, diz um trecho.

“No dia seguinte, o Dr. André foi até a casa do pai do Jairinho para conversarmos, mas que só aceitaria o caso se nos uníssemos e combinássemos uma versão inventada (…). Na mesma hora eu questionei por que eu não poderia dizer o que realmente tinha acontecido, já que tinha sido um ‘acidente doméstico’ (…). Eu ainda não estava satisfeita e disse que falaria a verdade, que eu não via problema algum (…). Foi quando a família dele disse que aquela seria a única versão! Que o Dr. André era um excelente criminalista, que ele teria cobrado 2 milhões de reais pelo casal (mas que só depois percebi que a defesa era apenas do Jairinho).”, conta outro trecho da carta.

“Ela estava sim isolada de muitas coisas e ela só pôde ter a noção da realidade muito tempo depois. Por isso a prisão dela representou de fato uma libertação dessa situação”, relatam os advogados.

Em nota, a defesa do advogado André disse que ele jamais alterou a narrativa apresentada pelo casal, desde o início de forma única.

“Depois eu vi ali a Monique falando que o Jairo tava manipulando, na verdade é o inverso. A Monique, se você for falar com qualquer amigo da Monique, a Monique é conhecida como manipuladora. Não sendo manipulada”, destaca Leniel.

Uma selfie de Monique na delegacia no dia do depoimento chamou a atenção. Monique chegou a dizer que não se lembrava de ter feito a foto. Agora os advogados apresentam prints de uma conversa dela com uma tia.

“Na verdade, foi divulgada uma foto de Monique completamente descontextualizada. Na verdade aquilo ali se tratava de um diálogo entre ela e um de seus familiares que estava preocupado”, contam os advogados.

Monique permaneceu ao lado de Jairinho até o dia da prisão. Agora, ela conta vários episódios em que foi agredida por ele.

“Decidimos pedir uma sobremesa pelo iFood. Na hora que o entregador chegou e eu fui buscar na porta, o rapaz disse que era o dono da loja, que estavam começando e (…) desse a avaliação no iFood. Jairinho me perguntou o que o entregador tinha falado e eu contei exatamente como aconteceu (nada demais). Ele começou a me xingar de ‘p***’, (…) que eu não dava respeito à imagem dele. Ele pegou o telefone celular e enviou uma mensagem de voz para uma mulher amiga dele da vigilância sanitária, dizendo que tinha chegado uma sobremesa na casa dele, estragada, que ele estava passando mal (…) e pediu que ela fosse até lá, para interditar o local. Fiquei com muita raiva dele e disse: ‘já que as sobremesas estão estragadas, vou jogar fora as de morango que guardei na geladeira’. Ele me xingou de todos os nomes possíveis e impossíveis, que toda semana ele iria até o estabelecimento mandar quebrar a loja, mandar assaltar, mandar quebrar as motos das entregas, mandar bater no dono, que ele ia imprimir a foto dele e dar para seus amigos causar prejuízos até que fechasse”, diz um trecho da carta.

Leniel, que também recebeu uma carta de Monique, disse que não acredita na palavra dela. “Essa Monique coitadinha que apanha e fica quieta. Não. A Monique nunca foi assim. Tá muito bem claro que ela sabia que o Henry tava sendo agredido e não fez nada, né? Não falou e não fez nada”, conta.

A defesa de Jairinho não quis se pronunciar.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Cabedelo - PB
Atualizado às 23h11 - Fonte: Climatempo
26°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 31°

28° Sensação
8.2 km/h Vento
83.1% Umidade do ar
60% (4mm) Chance de chuva
Amanhã (08/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol e Chuva
Domingo (09/05)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 32°

Sol e Chuva
Ele1 - Criar site de notícias